quarta-feira, 9 de julho de 2014

AS MULHERES DE VÊNUS


E então somos um poço de sonhos
E mistérios Fundidos as aventuras da noite,
As doçuras da lua Ao brilho das estrelas,
Forjadas a força do sol...
Nossa feminilidade  espalha-se em curvas,
Sob as ondas do cabelo,
Nos entornos das pernas,
Nas voltas das coxas,
Nas unhas pintadas,
Na face ruborizada,
Nas roupas coloridas...

 

                                           Nos quadris abrem-se mundos ocultos
                                            Ladeando prazeres tântricos secretos
                                            Guardados aos momentos mais especiais. 


Somos nós as sacerdotisas lunares,
Os encantos estrelares,
Com que sonham os homens,
Mas poucos conseguem revelar!

Cada uma de nós,
Um segredo insinuante,
Querendo contar,
Mas guardando,
E então atordoamos,
Mantendo nossas chaves
Longe de quem não as saiba usar... 




Somos as rainhas da Terra
A força da vida
As criadoras,
Cada vez mais belas, 
Repletas de mistérios,
Cheias de paixão,
A emoção latente e verdadeira
Que dá cor e sabor a existência,

Somos mulheres,
Seres de Vênus,
Embelezando o planeta Terra.

Autora: Clarice Ferreira